Google abre código do Jaiku

18/03/2009


Se um serviço online não tem a devida repercusão, o seu código é liberado como aberto, e é jogado nas mãos de uma comunidade, que se responsabiliza de desenvolver o motor do serviço. Foi o que aconteceu recentemente com o Jaiku,  futuro ex-concorrente do Twitter, criado pelo Google no ano passado.

Após anunciar, no início do ano, que não iria continuar com o serviço, a fim de resistir ao atual corte de créditos, o Google fez questão de acalmar os fãs do seu Twitter, oferecendo a libertação de todo o código fonte para o público a fim de permitir a criação de spin-offs do mesmo, mantendo a mesma compatibilidade com o original e ao desenvolvimento do motor em si. Assim como foi feito com o Netscape (que originou o Firefox).

Todo o código base foi disponibilizado nos repositórios do Google Code, e está sob a Licença Apache – o que torna possível para programadores open source, executar o motor em seus próprios projetos. Como parte da jogada, o código que rodava nos servidores principais do Google, foi movido para o serviço Google App Engine.

Embora o (projeto) Jaiku deixe de receber quaisquer contribuições diretas do Google Jaiku.com, o site está ativo até o atual momento, graças a “uma equipe de apaixonados pelo serviço”, que agora são responsáveis por tudo.

Será que os fãs do Jaiku desistirão de passar para o Twitter, agora que o código do programa foi aberto? Funcionou com o Firefox… Acha a idéia de micro-blogging inútil? Acha que nenhum serviço bate o Twitter? Nem conhecia o Jaiku? Comente!

Via: DownloadSquad
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: